Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
06 Mai 20

A nova face da conectividade

A nova face da conectividade

Um novo tipo de consumidor está a surgir globalmente – jovem, urbano, de classe média, com forte mobilidade e conectividade.
Este consumidor revela particularidades muito próprias, por conta do digital. Quando está interessado em coisas que vê na televisão, procura-as nos diversos dispositivos móveis. Quando pensa em comprar alguma coisa numa loja, pesquisa online preços e qualidade. Sendo este um consumidor digital, pode tomar decisões de compra em qualquer parte e a qualquer momento, usando vários dispositivos. Na verdade, confiam mais nas suas redes de amigos e familiares do que nas empresas e marcas.

Das maiores revoluções na história do marketing, a conectividade tem ganho um peso significativo nos vários aspetos da vida humana, ao nível pessoal, social e profissional.

A conectividade permite a redução de custos de interação entre as empresas, empregados, parceiros de canal, consumidores e restantes intervenientes. Por outro lado, reduz as barreiras de entrada em novos mercados, permite o desenvolvimento de produtos concorrentes e diminui o tempo de construção da marca. Altera também a forma como encaramos os concorrentes e os consumidores, onde a colaboração com os primeiros e a co-criação com os segundos são essenciais.

Hoje, uma empresa tem que aceitar a realidade de que, para dar uma resposta adequada ao mercado, necessita de cooperar com intervenientes externos, bem como entender que os consumidores já não são alvos passivos da comunicação e segmentação, mas agentes informados e interventivos capazes de ditar o rumo do posicionamento das empresas.

Share