Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
24 Mar 20

Os 9 componentes de uma digital branding de sucesso

Os 9 componentes de uma digital branding de sucesso

Logótipo

O logótipo é a imagem que os clientes devem associar em primeiro lugar à marca. Deve ser memorável o suficiente para deixar uma impressão na mente do consumidor e corresponder aos valores e personalidade do negócio, setor e público-alvo.
O logótipo deve ficar bem em todos os tamanhos, materiais, imagens e plataformas digitais que a marca use.

Website

Se o logótipo é o símbolo da empresa, o website é o local da loja digital. Quando os consumidores procuram alguma coisa, eles esperam encontrar informação de maneira rápida e fácil. Sites eficazes são simples e fáceis de navegar.

Brand messaging

A mensagem da marca é o que a empresa comunica, e esta deve refletir o seu core business, no que a empresa acredita, e responder aos desejos e necessidades dos seus clientes.
As mensagens devem ser coerentes nos diferentes canais, desde o website, loja física, atendimento ao cliente ou até nas redes sociais.

SEO

O SEO (Search engine optimization) garante que, através da optimização das páginas de um site, a empresa e a sua oferta sejam facilmente encontradas ao fazer uma pesquisa.
Com esta ferramenta, não importa se a empresa é grande ou pequena, todos os negócios podem subir no ranking do Google. Para além disso, com o SEO, não só gera mais tráfego para o website como este tráfego é quem está realmente interessado, pesquisando pelo assunto.

Redes sociais

Facebook, Youtube, Instagram, Twitter, LinkedIn: Se os clientes estão lá, a marca também deve estar. No entanto, a comunicação deve ser adaptada às diferentes plataformas. Os posts do Instagram são orientados por imagens e projetados para gerar gostos e comentários. O twitter trabalha e responde a eventos e notícias em tempo real. O Facebook é um pouco de tudo com ênfase no conteúdo produzido sobre como a marca funciona.
Ao usar as redes sociais é necessário ter atenção que se deve estar atento aos comentários e mensagens diretas enviadas pelos clientes.

Email marketing

O email é a maneira mais fácil de atrair os clientes que não usam as redes sociais ou que já efetuaram compras na sua loja, por exemplo. Antes de enviar o email é necessário identificar aquilo que se quer alcançar, como maior envolvimento, fortalecer o relacionamento com o consumidor ou anunciar um novo produto.

Online advertising

A publicidade online usa o poder da web para comercializar produtos, aumentar o crescimento de marcas e fortalecer brand awareness. Hoje em dia existem dezenas de maneiras de anunciar digitalmente.
Search engine ads: Através da pesquisa dos consumidores permite colocar a marca nos primeiros lugares da página de resultados do Google.

Display ads: Banners clicáveis para encontrar uma página web.

Social media ads: Facebook, Twitter, Instagram e LinkedIn, todos dispõem de maneiras de “patrocinar” o conteúdo, fazendo com que as publicações apareçam automaticamente nos feeds de clientes. Também é possível anunciar para angariação de fãs/seguidores, alcance, Brand Awareness, video e conversões.

Mobile feed and desktop feed ads: Aparecem como conteúdo sugerido nos feeds dos utilizadores. Têm um ar mais natural, pois são integrados no conteúdo não pago.

Retargeted ads: Alcançam os clientes que já demonstraram interesse num negócio ou serviço, através de pesquisas no Google, no site ou gostos no Facebook.

Marketing de conteúdo

Hoje em dia não basta anunciar o produto. Para criar e estabelecer relacionamentos duradouros com os clientes, o engagement é fundamental. E é aqui que entra o marketing de conteúdos, que através de fotos, vídeos, posts, artigos e outros, enfatizam o lado humano da marca. O marketing de conteúdo deve ser útil e relevante e estimular o interesse pela marca.

Marketing de influenciadores

O marketing de influenciadores é a forma de usar pessoas com um grande número de seguidores nas redes sociais, para potenciar a divulgação de uma marca.
Os influenciadores construíram a sua comunidade ao longo do tempo, conquistando credibilidade, permitindo-lhes apresentar uma marca ou produto parecendo estes mais orgânicos, ainda que os influenciadores estejam a ser pagos para produzir determinados conteúdos.

Share