Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

SALPOENTE | Executive Express

  • Social Media
  • Websites & Apps

BRIEFING

Localizado em plena Ria de Aveiro, o restaurante Salpoente, distinguido em 2020 pelo TripAdvisor como 1º em Portugal na categoria de Fine Dining no Traveler’s Choice Awards, tem vindo a reinventar-se desde o início da pandemia, em 2020.

Com o Chef Duarte Eira à cabeça das operações, várias vezes premiado pela sua cozinha de autor à qual alia um tributo às matérias-primas e sabores da região, o Salpoente posiciona-se pelo seu ambiente de requinte e sofisticação, em dois antigos armazéns de sal recuperados, parte do património histórico da cidade de Aveiro. Decorado elegantemente no seu interior com peças únicas, e diversas coleções de arte plástica que sempre figuram nas paredes do seu espaço, o Salpoente tem recebido o reconhecimento do público pela sua elegante cozinha de linguagem própria, a par de um atendimento de excelência.

SALPOENTE | Executive Express
SALPOENTE | Executive Express

STRATEGY

Com a chegada da pandemia, que a todos veio surpreender, também o Salpoente se viu obrigado a adaptar-se de forma a responder o mais assertivamente possível às novas condicionantes.

Assim, para além de investir em obras de remodelação do espaço, de forma a possibilitar e respeitar a segurança dos seus clientes e da sua equipa, o Salpoente estabeleceu novas rotinas e processos internos, alterou a carta de papel para digital, entre outros pormenores que defendem a higiene e segurança de todos os envolvidos. Mas, à semelhança de tantos, também o Salpoente tem visto as suas portas fechadas mais do que uma vez, ao longo da pandemia.

Em resposta a estas mudanças drásticas, viu-se a braços com uma nova forma de estar, desenvolvendo um novo serviço de entregas e take-away, o Executive Express, para a qual a Brandtellers desenvolveu em tempo record uma loja online, de forma a permitir dar resposta às necessidades urgentes do Salpoente.
Um novo serviço, alternativo, acarretando riscos e desafios, não só ao nível de processos e adaptação na cozinha para garantir que a melhor qualidade dos seus produtos chegasse até casa dos clientes, como adaptação dos pratos em carta às novas exigências, e a comunicação face a todo um novo posicionamento, segmentação e targeting do serviço.

Em meio a toda esta transformação, o Chef Duarte Eira e a sua Equipa renovaram a panóplia de pratos, desenvolvendo todo o tipo de entradas, snacks, pratos principais, sobremesas, capazes de permitir uma entrega eficiente e em conformidade, procurando nunca perder de vista a alma do negócio e o carisma construído ao longo do tempo pelo Salpoente, reconhecido local de eventos gastronómicos e ponto de encontro frequente de amigos, clientes habituais, grupos e turistas.

SPOT PUBLICITÁRIO

Com o objetivo de juntar todas estas vertentes, e potenciar a apresentação da nova cara do serviço, foi definido que seria estrategicamente importante desenvolver um spot publicitário para as redes sociais, que fizesse a ponte entre a alma do negócio e o carisma do Salpoente, com o novo posicionamento de serviço e oferta.

Para este efeito, selecionou-se um prato que fosse simbólico e representativo da enorme mudança ocorrida na oferta e posicionamento: a Francesinha. Enquanto prato, a aposta na integração de uma Francesinha na oferta, era como que antagónica ao carisma e personalidade construídos pelo Salpoente. Por outro lado, a imagem do Chef Duarte Eira, e a sua cozinha de autor, tem sido a imagem representativa do restaurante, pelo que associar as duas coisas era mesmo um desafio.

Nesse sentido, para a construção do spot, idealizou -se o Chef Duarte Eira no seu elemento, o seu centro de operações - a cozinha do Salpoente - a confecionar a sua Francesinha à Salpoente, para o novo serviço Executive Express.

A filmagem apostou numa sequência de imagens, rápidas e elucidativas, com diferentes planos e abordagens, de forma a criar rapidamente uma cadência expressiva que acompanha a elaboração da “Francesinha do Chef”.
Foi escolhida uma música para acompanhar a ação, dando mais impacto à expressão dos seus movimentos, e elevando com simplicidade o espírito das várias cenas, contribuindo para a dramatização do momento.

Para terminar em beleza, o “grand-finale” mostra o Chef numa postura de irreverência, que pergunta: “Pensavam que não conseguíamos?”, dando de imediato a resposta com um ato de afirmação bem-disposta: “Eu sou o Duarte Eira e esta é a minha Francesinha”.

De facto, o mote foi escolhido para evidenciar que, não obstante todas as dificuldades que as mudanças têm implicado, o Salpoente resiste e persiste, com positividade e jogo de cintura, sendo um exemplo de resiliência, de capacidade de adaptação e resposta, ao qual estamos felizes por estar ligados e sentimo-nos muito realizados por poder contribuir.

O Salpoente tem visto e merecido a receptividade do público, e a Francesinha tem sido um dos best-sellers da sua oferta!