Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
25 Jun 21

SOCIAL MEDIA: QUEM É O SEU TARGET?

SOCIAL MEDIA: QUEM É O SEU TARGET?

Se antes diríamos “qual é o seu Target”, hoje a troca é propositada, pois sabemos que atrás dos números, perfis, avatares, estão… pessoas!
Então, quem são as pessoas que compram os seus produtos?
Quem são as pessoas que procuram os seus produtos?
Quem são as pessoas que poderão desejar ou precisar dos seus produtos mas não sabem que eles estão disponíveis no mercado?

As 3 perguntas também são propositadas, pois implicam diferentes graus de envolvimento, que representam diferentes níveis de informação, e como tal, diferentes níveis de esforço a empreender por parte da empresa.
Certamente que gasta menos recursos a investir na fidelização de um cliente, para que este compre novamente ou alargue a sua esfera de compra a mais produtos, do que a tentar conquistar novos clientes.
Mas o ideal, naturalmente, é investir em ambas as esferas em simultâneo.

Então, como pode rentabilizar esforços e dispor da ajuda que precisa?
A resposta é: com Informação.
Quanto mais souber sobre o seu Target, mais assertiva e eficaz será a sua estratégia de abordagem! Para ter informação sobre o seu Target, tem que se relacionar com ele. Se antigamente a informação provinha essencialmente da sua equipa comercial através dos contactos com clientes e potenciais clientes, hoje em dia dispõe de mais ajudas das quais pode beneficiar, que o auxiliam a ir mais rápido ao encontro dos seus clientes e das suas necessidades, e a reforçar os esforços da sua equipa comercial.

O universo digital é um mundo de informação, do qual pode recolher estatísticas constantemente que trazem valor à sua estratégia.
As estatísticas mostram que é nas redes sociais que as pessoas mais despendem o seu tempo, quando navegam online, por isso, a probabilidade de o seu Target estar nas redes é muito elevada, razão pela qual as empresas cada vez mais reconhecem a necessidade de marcarem presença nestes meios. Mas, tanto para a empresa como para os utilizadores não basta estar presente, a utilidade dos conteúdos é valorizada pelos últimos e a informação deve ser recolhida e tratada pelos primeiros. Só assim se garante uma aprendizagem útil para a “afinação” contínua da sua estratégia.

Que tipo de conteúdos geram maior interesse? Quem reage aos seus conteúdos? Que dias da semana e horários registam maior interação? Qual o género e faixa etária que mais interage e com que tipo de conteúdos? Que produtos e campanhas recebem maior atenção? As informações acumulam-se, e vão definindo padrões ao longo do tempo – desengane-se quem acha que estas respostas são alcançadas no imediato, as pessoas são complexas e nem sempre têm o mesmo comportamento, mas certamente que detêm um padrão reconhecível apesar dos desvios, e esta informação ao ser trabalhada irá ser perceptível.

Não obstante, há formas de acelerar esta recolha de informação, chegando mais rápido às respostas que necessita. Através dos anúncios nas redes sociais, tem a possibilidade de segmentar o seu público em várias categorias de interesse, geográficas, etária e género, obtendo resultados muito mais rápidos do que os resultados orgânicos, acelerando a sua curva de aprendizagem sobre o seu Target. Ainda, tem a vantagem acrescida de que a informação está sempre a “chegar”, permitindo igualmente reajustar-se a segmentação em tempo útil, e interpretando os resultados.

Há mais ferramentas digitais que pode e deve utilizar em conjunto, tal como o website, blogs e outros canais, se adequado ao seu negócio, que alinhadas de forma coerente entre si reforçam de forma mais efetiva toda a estratégia digital de comunicação, trazendo para dentro de portas informação que ajudará às suas tomadas de decisão! O que é certo é que não há maior mundo de informação do que o digital, e esta está sempre a chegar e pode fazer a diferença para o seu negócio!

A Brandtellers é especialista em marketing digital e Google Partner.
Contacte-nos e saiba o que podemos fazer pela sua marca!

Share